Quero comprar um imóvel! A nova lei 13.786 vai interferir?

E como tenho dito nos últimos dias: A lei nº 13.786 não foi simplesmente publicada em 2018, foi publicada nos acréscimos do segundo tempo do ano! Comento isso porque bem depois (8 dias depois) do início do recesso dos advogados a lei nº 13.786/2018 foi publicada. E trouxe grandes mudanças para o mercado imobiliário.

Das responsabilidades do síndico

O post tem como proposta explanar sobre as responsabilidades do síndico, retratando de forma clara pontos importantes sobre o tema. Com o passar dos anos cresce muito o número de condomínios residenciais no Brasil, e com isso cada vez mais pessoas passam a ocupar o cargo de síndico do determinado condomínio. A maioria das pessoas que exercem esse cargo são os próprios moradores do condomínio, que muitos não possuem conhecimento e nem técnica na área de direito imobiliário e condominial. Com exceção aos síndicos profissionais.

Direito de tapagem. Você sabe o que significa?

Recentemente, fomos agraciados aqui no Blog Mariana Gonçalves, com o artigo escrito pela colega Paloma Pricila, o qual tratava sobre um dos temas do direito de vizinhança: o direito de construir (Meu vizinho construiu uma JANELA rente ao meu muro, e agora?). Por isso, hoje trago a vocês outro tema relacionado a vizinhança: o direito de tapagem. Mas, ai eu te pergunto, você sabe o que isso significa?

Execução das taxas condominiais: entenda algumas das inovações trazidas pelo Novo Código de Processo Civil

Quando da vigência da Lei nº 5.869, de 11 de janeiro de 1973, que instituía o antigo Código de Processo Civil, a dívida de condomínio não era abarcada como título executivo extrajudicial e, por isso, não podia sofrer execução automática. E hoje? O que mudou e como os condomínios tem atuado na cobrança?

Mediação e Conciliação: seus benefícios na Sucessão Patrimonial.

Sucessão Patrimonial consiste na “divisão” de bens de uma determinada pessoa e pode ser feita tanto em vida (observados os limites da lei) quanto pós-vida.

Sabe aquele momento difícil em que uma família perde um ente querido? Pior, quando ainda no período do luto alguns familiares começam a questionar como será feita a tal “divisão dos bens”? É necessário cautela e muita atenção para que todos os envolvidos sintam-se confortáveis e apoiados.

Você já parou para pensar o que acontecerá se deixar de pagar o seu financiamento imobiliário?

Procedimento extrajudicial no caso de inadimplemento nos contratos com garantia de alienação fiduciária.

Atualmente, uma das modalidades de garantia mais utilizadas no momento da liberação do crédito imobiliário é a Alienação Fiduciária do próprio imóvel adquirido, ou seja, em caso de não pagamento das prestações, o seu bem é tomado pelo Banco.